Como vocĂȘ escreve o diagrama orbital do carbono?

Responda:

http://intro.chem.okstate.edu/1515SP01/Lecture/Chapter10/Lec11601.html

Explicação:

O nĂșmero atĂŽmico de carbono Ă© #6#, que tambĂ©m Ă© o nĂșmero de prĂłtons carregados positivamente em seus nĂșcleos atĂŽmicos. Se o ĂĄtomo for neutro, ele terĂĄ o mesmo nĂșmero de elĂ©trons carregados negativamente. EstĂĄ configuração eletrĂŽnica is #"1s"^2"2s"^2"2p"^2"#. O diagrama orbital mostra como os elĂ©trons sĂŁo organizados dentro de cada subnĂ­vel. O nĂșmero mĂĄximo de elĂ©trons permitido em um orbital Ă© #2#, cada um com giros opostos (princĂ­pio de exclusĂŁo de Pauli).

Em um ĂĄtomo de carbono neutro, o #"1s"# O subnĂ­vel tem um orbital com dois elĂ©trons com giros opostos, representados pelas setas apontando em direçÔes opostas. o #"2s"# O subnĂ­vel tambĂ©m possui um orbital com dois elĂ©trons, tambĂ©m com rotaçÔes opostas. o #"2p"# O subnĂ­vel possui trĂȘs orbitais. De acordo com a regra de Hund, cada orbital deve conter um elĂ©tron cada um com a mesma rotação, antes de adicionar um segundo elĂ©tron. EntĂŁo no #"2p"# orbitais existem dois elĂ©trons, cada um com o mesmo giro, e o terceiro orbital estĂĄ vazio.