Em qual reação kp = kc? a) NO (g) + O2 (g) <--> N2O3 (g) b) N2 (g) + O2 (g) <--> 2NO (g) c) CaCO3 (s) <--> CaO ( s) + CO2 (g) d) N2 (g) + H2O (g) <--> NÃO (g) + H2 (g) e) Nenhuma

Responda:

A resposta é (B).

Explicação:

Como você sabe, a relação entre #K_c# e #K_p# é dado pela equação

#color(blue)(K_p = K_c * (RT)^(Deltan))" "#, where

#R# - a constante universal de gás
#T# - a temperatura na qual a reação ocorre
#Deltan# - a diferença entre o número de mols de gás presente no lado dos produtos e o número 8 *

de mols de gás ** presente no lado dos reagentes

Para que #K_c# e #K_p# para ser igual, você precisa do volume permanecer constante em equilíbrio, isto é,

o volume ocupado pelos reagentes igual ao volume ocupado pelos produtos.

Para que isso aconteça, você precisa ter números iguais de mols de gás no lado dos reagentes e no

lado dos produtos.

Claro que isso vai te levar

#Deltan = 0#

e

#K_p = K_c * (RT)^0 implies K_p = K_c#

Agora, antes de analisar quantas moles de gás você tem presente em cada lado do equilíbrio, você precisa fazer

Certifique-se de que as equações sejam balanced.

Por exemplo, o primeiro equilíbrio é realmente

#4"NO"_text((g]) + "O"_text(2(g]) rightleftharpoons 2"N"_2"O"_text(3(g])#

Nesse caso, você tem #2# moles de gás no lado dos produtos e #5# moles de gás no lado dos reagentes #-># #K_p != K_c#.

Para o segundo equilíbrio, você tem

#"N"_text(2(g]) + "O"_text(2(g]) rightleftharpoons 2"NO"_text((g])#

Desde que você tem #2# moles de gás em ambos os lados do equilíbrio, você realmente obterá #K_p = K_c#.

O terceiro equilíbrio não pode corresponder a esse critério, pois você só tem moles de gás no lado dos produtos.

O último equilíbrio é assim

#"N"_text(2(g]) + 2"H"_2"O"_text((g]) rightleftharpoons 2"NO"_text((g]) + 2"H"_text(2(g])#

Desta vez, você tem #4# moles de gás no lado dos produtos e #3# moles de gás no lado dos reagentes #-># #K_p != K_c#.

Sempre verifique se está olhando para um equação química equilibrada!

Deixe um comentário