O elemento S reage com o O2 para formar o SO3 de acordo com a reação 2S + 3O2 → 2SO3 Parte B: Qual é o rendimento teórico do SO3 produzido pelas quantidades descritas na Parte A? Expresse sua resposta numericamente em gramas.

Responda:

Abordamos a equação ...#S(s) + 3/2O_2(g) rarr SO_3(g)#

Explicação:

A pergunta especifica que recebemos #1.88xx10^23# #"dioxygen molecules"#... ou seja, uma quantidade molar de ...

#(1.88xx10^23*"molecules")/(6.022xx10^23*"molecules"*mol^-1)=0.312*mol#...

Mas nós temos em relação ao enxofre, #(6.67*g)/(32.06*g*mol^-1)=0.208*mol#...

E um pouco de aritmética mais tarde, estabelecemos que obtivemos quantidades estequiométricas de dióxido de oxigênio e enxofre .... na reação produzimos uma massa de ..........

#0.208*molxx80.07*g*mol^-1=16.65*g#.

Note que quando #"sulfur trioxide"# é produzido industrialmente (e este é um produto químico muito importante), o enxofre é oxidado para #SO_2#, e isso é oxidado até #SO_3# com alguma catálise ...

#SO_2(g) + 1/2O_2(g) stackrel(V_2O_5)rarrSO_3(g)#

#SO_3(g) + H_2O(l) rarr underbrace(H_2SO_4(aq))_"sulfuric acid"#

O ciclo industrial do enxofre deve ser um processo sujo, fedorento e hostil. O processo é sem dúvida necessário para apoiar nossa civilização.

Deixe um comentário