Qual é a estrutura de lewis para # SO_2 #?

Responda:

Aqui est√£o os passos que sigo ao desenhar uma estrutura de Lewis.

Explicação:

1. Decida qual é o átomo central na estrutura. Normalmente, esse será o átomo menos eletronegativo (#"S"#).

2. Desenhe uma estrutura esquelética na qual os outros átomos estejam unidos ao átomo central: #"O-S-O"#.

3. Desenhe uma estrutura de teste colocando pares de el√©trons em torno de cada √°tomo at√© que cada um obtenha um octeto. Neste editor, terei que escrev√™-lo como :: √Ė-S (::) - √Ė ::

4. Conte o elétrons de valência na sua estrutura de avaliação (20).

5. Agora conte o elétrons de valência você realmente tem disponível. #"1 S + 2 O = 1×6 + 2×6 = 18"#. A estrutura de teste possui dois elétrons extras.

6. Desenhe uma nova estrutura de teste, desta vez inserindo uma ligação dupla para cada par extra de elétrons:

#"O=S-O"# e #"O-S=O"#

7. Como antes, adicione elétrons de valência para dar a cada átomo um octeto:

chemed.chem.purdue.edu

8. Calcule a carga formal em cada √°tomo.

www.uwosh.edu

9. Vemos que alguns dos √°tomos t√™m acusa√ß√Ķes formais. A ‚Äúmelhor‚ÄĚ estrutura de Lewis √© aquela em que h√° o menor n√ļmero de acusa√ß√Ķes formais. Podemos gerar uma estrutura com zero encargos formais se movermos um par solit√°rio da liga√ß√£o simples #"O"# para fazer uma liga√ß√£o dupla ao #"S"#.

Isso nos d√° uma terceira possibilidade:

bilbo.chm.uri.edu

Agora temos uma estrutura na qual #"S"# possui dez elétrons de valência. No entanto, tudo bem, porque #"S"# pode "expandir" seu octeto.

Temos tr√™s estruturas diferentes, diferindo SOMENTE nas localiza√ß√Ķes dos el√©trons. Dizemos que estes s√£o estruturas de resson√Ęncia of #"SO"_2#.

A estrutura real de #"SO"_2# √© um h√≠brido de resson√Ęncia das tr√™s estruturas.