Uma célula eletroquímica consiste em um eletrodo de hidrogênio padrão e um eletrodo de metal de cobre. Qual é o potencial da célula a 25 ° C se o eletrodo de cobre for colocado em uma solução na qual [# Cu ^ (2 +) #] = #2.5 x 10 ^ -4 # M)?

Responda:

#sf((a))#

#sf(+0.23color(white)(x)V)#

#sf((b))#

#sf(1.25xx10^(-5)color(white)(x)"mol/l")#

Explicação:

#sf((a))#

A célula 1 / 2 em questão é:

#sf(Cu_((aq))^(2+)+2erightleftharpoonsCu_((s))" "E^@=+0.34color(white)(x)V)#

O potencial da célula 1 / 2 em #sf(25^@C)# É dado por:

#sf(E=E^(@)+0.05916/(z)log([["ox"]]/[[red]))#

#:.##sf(E=E^@+0.05916/(z)log[Cu_((aq))^(2+)])#

#sf(z)# é o número de mols de elétrons transferidos que, neste caso, é 2.

#:.##sf(E=+0.34+0.05916/(2)log[2.5xx10^(-4)])#

#sf(E=+0.34+(0.02958xx-3.602)color(white)(x)V)#

#sf(E=+0.233color(white)(x)V)#

#sf((b))#

Aqui o eletrodo está sendo usado para estimar a concentração.

#sf(0.195=+0.34+0.05916/(2)log[Cu_((aq))^(2+)])#

#:.##sf(log[Cu_((aq))^(2+)]=-0.145/0.02958=-4.9012)#

#sf([Cu_((aq))^(2+)]=1.25xx10^(-5)color(white)(x)"mol/l")#

Deixe um comentário