Como você nomeia [Co (en) 2CO3] Br?

Supondo que você quer dizer ...

#["Co"("en")_2"CO"_3]"Br"#,

este √© um brometo de carbonatobis (etilenodiamina) cobalto (III) is√īmero (ou #Delta# or #Lambda#), Porque...

  • #"en"#, etilenodiamina, √© um ligante neutro. O nome complexo garante um novo tipo de prefixo, para, para indicar que existem dois deles. Se houvesse tr√™s, um usaria tris.
  • #"CO"_3^(2-)# √© o carbonato ligando.
  • #"Br"^(-)# no exterior esfera de coordena√ß√£o implica que o interior esfera de coordena√ß√£o √© uma #+1# cobrar em geral.
  • Assim, o estado de oxida√ß√£o do cobalto √© #+"III"#...

Isso dá #overbrace((+3) + 2(0) + (-2))^("inner coordination sphere") + overbrace((-1))^("Br"^(-)) = 0#, para um complexo neutro em geral. Além disso, o "carbonato" vem antes da "bis (etilenodiamina)" em ordem alfabética. o para é ignorado ao considerar a ordem alfabética dos nomes dos ligantes. Você pode querer veja esta resposta para outros exemplos.

Existem, no entanto, dois is√īmeros dos quais voc√™ deve estar ciente ... #Delta# e #Lambda# is√īmeros. Eu recomendo que voc√™ continue lendo para ver o que isso significa ...


Existem dois is√īmeros para esse complexo:

Não há um terceiro, onde o carbonato está "ligado" trans, porque é um ligante bidentado. Seria muito tenso para se ligar através de um #180^@# período.

  • #Delta# significa que dois ligantes bidentados id√™nticos, sendo um deles um traseiro fin, o outro √© um destro fin.

  • #Lambda# significa que dois ligantes bidentados id√™nticos, sendo um deles um traseiro fin, o outro √© um canhoto fin.

Estes s√£o is√īmeros √≥pticos e s√£o imagens espelhadas n√£o sobrepon√≠veis, basicamente um enanti√īmero complicado.