O que determinou alianças na crise de Suez?

Responda:

Colonialismo e pĂłs-colonialismo.

Explicação:

A crise de Suez foi causada quando Grã-Bretanha, França e Israel assinaram um acordo secreto na 1956. Sob este acordo, Israel atacou o Egito, avançando através do Sinai para o canal de Suez. Os britùnicos e franceses usaram isso como pretexto para tomar e recuperar o controle do Canal, que havia sido nacionalizado pelo líder egípcio Nasser.

Israel, Grã-Bretanha e França tiveram vårias razÔes para assinar este acordo. Os israelenses queriam segurança na fronteira com o Egito. Passaram-se apenas os anos 8 após o estabelecimento de Israel e a primeira guerra årabe-israelense.

Para a GrĂŁ-Bretanha e a França, isso refletia uma crença ultrapassada na manutenção de seus papĂ©is imperiais no mundo pĂłs-guerra. Os franceses jĂĄ haviam sido derrotados na Indochina e estavam prestes a sofrer o mesmo na ArgĂ©lia; uma guerra que derrubaria a XIXÂȘ RepĂșblica. Os britĂąnicos tinham ilusĂ”es semelhantes sobre sua influĂȘncia internacional. Ambos viram Nasser como uma influĂȘncia perigosa. Eden, o primeiro-ministro britĂąnico, viu paralelos perigosos entre Nasser e Hitler e estava ansioso para nĂŁo repetir o erro de apaziguamento.

Tais atitudes deveriam ter um rude despertar. Os americanos ficaram furiosos. Eles forçaram uma escalada embaraçosa, recusando-se a apoiar o Reino Unido quando houve uma corrida na libra. Em essĂȘncia, refletia uma forma de imperialismo sendo substituĂ­da por outra.